Search
whatsapp + 55 (11) 97673.4671 | email • pacoca@professorpacoca.com.br
FÉRIAS ESCOLARES: DIVERSÃO GARANTIDA – Professor Paçoca
fade
6595
post-template-default,single,single-post,postid-6595,single-format-standard,eltd-core-1.2,woocommerce-no-js,averly-ver-1.6,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-mimic-ajax,eltd-grid-1200,eltd-blog-installed,eltd-main-style1,eltd-header-standard,eltd-sticky-header-on-scroll-down-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,eltd-,eltd-fullscreen-search eltd-search-fade,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive

Blog

FÉRIAS ESCOLARES: DIVERSÃO GARANTIDA

O Inverno chegou e junto vieram às férias escolares. Momento este tão aguardado pelas crianças e jovens. O termo férias designa o período de descanso que têm direito empregados e estudantes, após um período de trabalho ou de atividades. Provém do latim “feria, – ae” que significava, entre os romanos, o dia em que não se trabalhava na prescrição religiosa.
As férias apresentam algumas características em comum: crianças e jovens livres dos estudos, acordando tarde, passando horas à frente da TV, navegando na internet, e impacientes de ficar em casa. O recesso escolar faz com que os pais tenham a preocupação em proporcionar atividades de lazer para ocupação do tempo livre dos seus filhos. Além de ser um bom período de descanso às crianças é também uma oportunidade de construir novas relações sociais através do convívio sócio-afetivo com familiares e outras crianças.
Os pais precisam canalizar a energia que provém da garotada para opções sadias e inteligentes de lazer.Os pais devem organizar atividades para que as férias se tornem prazerosas para seus filhos, mesmo sendo realizadas em casa.
Para isso, é bom manter os contatos sociais tanto com pessoas da família como avós, primos e tios, para que as crianças possam visitá-los em alguns dias. Na casa dos avós, por exemplo, podem combinar de encontrar os primos da mesma faixa etária, passando o dia todo por lá. Para visitar os primos é necessário deixar uma pessoa para cuidar das crianças, bem como fazer passeios com os mesmos, como: ir a um parque de diversões, ao cinema, a clubes, a zoológicos, dentre outros.
Manter contato com os colegas de escola também é uma forma agradável de divertir as crianças nas férias. Estes podem se distrair pra valer passando um dia na casa do outro e vice-versa. Combinar passeios também será uma forma atrativa de mantê-los unidos durante o período das aulas, pois as amizades tornam-se mais solidificadas.

REPERTÓRIO DE JOGOS E BRINCADEIRAS

DANÇA DAS CADEIRAS COOPERATIVAS
Materiais – Cadeiras (o mesmo número de cadeiras para o de jogadores), CD com músicas animadas e aparelho de som.
Descrição – Colocam-se as cadeiras em círculo, uma de costas para a outra. Para iniciar o jogo, o recreador deverá colocar uma música bem animada e posicionar os jogadores de frente para suas cadeiras. Os participantes dançarão em volta das cadeiras. Quando a música parar de tocar, os jogadores deverão sentar nas cadeiras. Após essa primeira fase, tira-se uma cadeira, ou seja, teremos uma cadeira a menos do que o número de participantes. Na próxima rodada, os participantes terão de sentar, todos com uma cadeira a menos, e assim sucessivamente, até restarem três cadeiras e todo o grupo estiver sentado, uma pessoa no colo da outra. É uma atividade cooperativa e bem interessante para a participação lúdica dos adultos.

VOLENÇOL
Materiais – Lençóis e bolas de voleibol.
Descrição – O grupo será formado por quartetos que deverão segurar, um em cada ponta, um lençol ou uma toalha. Os quartetos deverão brincar com a bola de voleibol, tentando mantê-la sobre o lençol, não a deixando cair no chão. Após essa etapa, os quartetos farão a interação uns com os outros e, assim, realizarão lançamentos e recepções das bolas. Criar estratégias e o trabalho em equipe são desafios propostos para essa atividade. A progressão do jogo poderá ser na realização de um jogo de voleibol tradicional com os lençóis.

PEGA-PEGA DINHEIRO
Materiais – Dinheiro de papel e cartão com as funções (dois são policiais, três são ladrões e os
demais jogadores são vítimas).
Descrição – Cada jogador recebe dez dinheiros de papel e um cartão com a função. Inicialmente, cada jogador deverá “guardar segredo” sobre a sua função. O recreador dá início ao pega-pega. Ao pegar alguém, os jogadores deverão mostrar os cartões de funções. A polícia ganha do ladrão, o ladrão ganha da vítima e a vítima ganha da polícia. O ganhador recebe o dinheiro do jogador perdedor. Após um tempo preestabelecido pelo recreador, deverá ser contado o dinheiro dos jogadores. Vence quem tiver mais dinheiro.

AO AMIGO COM CARINHO
Materiais – Papel e caneta.
Descrição – Cada participante recebe um pedaço de papel e uma caneta ou um lápis. Cada pessoa escolhe outro integrante do ônibus e escreve no pedaço de papel o nome da pessoa escolhida e uma tarefa a ser realizada por ela. Não sabendo o nome da pessoa escolhida, poderá escrever algumas características dela ou o número do assento em que ela está. Após o recolhimento dos papéis de todos os participantes, o animador fará o sorteio e avisará, nesse momento, que quem realizará a tarefa é a pessoa que escreveu.

QUAL É A MÚSICA?
Materiais – CD com músicas de vários ritmos.
Descrição – O grupo de passageiros deverá ser dividido em duas equipes. O recreador seleciona um CD com músicas de vários ritmos e, dado o início, deverá dar stop, e, após alguém deverá continuar cantando a música. A cada acerto de música, a equipe ganha um ponto. É vencedora a equipe que acumular dez pontos primeiro.

BINGO HUMANO
Materiais – Pedaços de papel sulfite e uma caneta para cada jogador.
Descrição – Cada jogador receberá um pedaço de papel em branco e desenhará uma tabela de jogo da velha (nove quadrantes). A cartela deverá ser preenchida com o nome mais o sobrenome (comida, de preferência) dos jogadores, como Marlene Salada. Ao sinal do recreador, os jogadores deverão se interagir e preencher a cartela com os nomes. Após o término, será iniciado o bingo. O recreador escolherá uma pessoa para iniciar o bingo, que escolherá um dos nomes que constam em sua cartela, pronunciando-o em voz alta. Por sua vez, este escolherá outra pessoa de sua cartela, e assim sucessivamente. O jogador que preencher primeiro a cartela é considerado o vencedor.

No Comments

Leave a Comment

X